12 de nov de 2013

Ele mudou minha história


Este blog foi criado em um momento ruim da minha vida
Era infeliz e a tristeza era a inspiração para meus poemas

Sofri muito com a depressão, 
Era revoltada com a vida e tudo oque queria era dormir e nunca mais acordar

Nunca tive um amigo de verdade para desabafar para me dizer nao é assim
Nem tudo esta perdido me trancava no quarto chorava muito e ninguem entendia

Hoje sou uma pessoa diferente, Pois tenho Jesus na minha vida
Ele é meu pai, meu amigo, aquele que esta sempre do meu lado
E que tem me dado forças pra seguir em frente e sempre que preciso é a ele que eu recorro

Quando me converti e aceitei Jesus como unico salvador da minha vida
A primeira coisa que pensei foi vou excluir esse blog, por causa do conteúdo dele
Mais algo dentro de mim me disse não faça isso, e entao deixei pra la 
Pensei com calma e percebi que esse blog ja fez parte de mim e lendo meus poemas antigos
Posso ver e testemunhar a pessoa que eu era e quem me tornei hoje em dia


Tudo posso naquele que me fortalece
Se deus é por nós ninguem se atreve contra nós?


Vou seguindo meu caminho com Jesus na minha frente
Ele me afasta das barreiras e transforma minha mente.



10 de fev de 2013

Reflexão


Não tenho medo de cair
Não tenho medo de voar
Já me acostumei a levar tombos
E caindo aprendi a levantar


Não cortarei os meus pulsos

Na mais profunda depressão
Nao acreditarei em promessas
Pois ja sofri desilusão


Enquanto o sangue pulsar em minhas veias

Enquanto o meu coração bater
Nao viverei de regras
E não deixarei de viver.


25 de dez de 2011

Não me deixe

Sei que não existe mais chance
As esperanças estão acabando
Mais eu não vou desistir de você
Não te deixarei ir

Você não vai morrer
Eu não quero e não vou deixar
Ainda sinto o seu coraçãozinho bater
E enquanto houver vida haverá esperança


Não suporto te ver desse jeito
me corta por dentro
Ver você sofrendo e não poder fazer nada

Ter que assistir a sua dor em silêncio
Desejando que tudo isso acabe
Que você resista,que você se salve

Não vá embora,não me deixe aqui neste estado
De tristeza depressão e extrema loucura
Já não sei para onde ir nem o que fazer
Preciso de olhar nos seus olhos e te ver bem de novo
Mesmo que só por alguns instantes
Mesmo que pela última vez.

6 de dez de 2011

Quando eu não estiver


Quando  fexar os meus olhos para sempre
nao adianta me abraçar e me beijar
não adianta dizer que signifiquei alguma coisa para vc
porque nao sentirei seu abraço nao sentirei o gosto de seu beijo
e ainda que escute suas palavras não conseguirei te responder

quando nao estiver mais do seu lado
pode ser que sinta minha falta
pode ser que pense em mim antes de dormir
lembrando nossos momentos que foram poucos
mais que  significaram alguma coisa
mesmo que apenas para mim

quando meu tumulo se fexar
e nunca mais poder olhar nos meus olhos
nunca mais escutar o som da minha voz
sei que se arrependerá de muita coisa
e talvez até queira voutar no passado

 mais infelizmente vai ser tarde de mais.

1 de dez de 2011

Salva - me

SALVA ME DAS TREVAS
LIBERTA ME DA ESCURIDÃO
ME AFASTA DO ANJO DA MORTE
E DAS PAREDES DA DEPRESSÃO

ME DÊ FORÇAS PARA RESISTIR
E PARA CONTINUAR LUTANDO
POIS O VAZIO INVADIU MINHA VIDA
SEI QUE O MEU TEMPO ESTÁ ACABANDO

PENSAMENTOS OBSCUROS INVADEM MINHA MENTE
A TENTAÇÃO NAO ME DEIXA DORMIR
PASSO A MADRUGADA PENSANDO NA VIDA
SEM TER MOTIVOS NENHUM PARA SORRIR

SENHOR SÓ VC ME CONHECE
SÓ VC ENTENDE O MEU SER
ME PROTEGE MEU DEUS ME PROTEGE
A MINHA VIDA EU ENTREGO A VC.

9 de out de 2011

Asas da liberdade


 Sou uma ave ferida
Me acostumei a voar alto
Sem rumo sem destino
Aprendi a ser independente

E  de repente não sou mais nada
Me sinto triste me sinto fraca
Tenho asas mas não posso voar

Fiquei quietinha olhando para o céu
Sabendo que minha vida
Nunca mais seria a mesma

Então no desespero mais profundo
 tive uma ideia
Meio louca, masoquista talvez
Mas que me devolveu a esperança

Bati minhas asas bem fortes
Com toda a força que restava dentro de mim
Meu corpo já estava banhado em sangue
Uma dor insuportável
Mas eu não  desisti

De repente como que por um milagre
Consegui me reerguer, voei bem alto bem longe
Não conseguia me conter de tanta felicidade

Aos poucos fui caindo já não tinha forças
Mas matei a minha saudade
Morri em alguns segundos
Mas reencontrei a liberdade.


4 de out de 2011

Inconsequencia

Eu sentada no meio do nada
Tentando reconstruir
Olhando para o chão e catando os pedaços
Que você deixou cair

Não adianta jogar pedra
Nao adianta atirar
Porque nada me machuca
Nada me desmanchará

Nem que eu ainda fique cega
Nem que eu morra devagar
Daqui eu não me levanto
Quero ver me levantar

Minha vida agora é amarga
Minha vida agora é escura
Nada me trará de volta

                             Minha doença não tem cura.