22 de ago de 2010

Sinta minha dor

Meu sangue esta jorrando
Se comova com a minha dor
Veja meus pulsos se abrindo
Sinta meu ultimo calor

Sinta o meu corpo quente
Aos poucos desfalecer
Sinta o desespero
De aos poucos me ver morrer

Não chore por mim
Lagrima alguma me trará de vouta
pode pisotear minha sepultura
que tanto faz, ja não importa

sinto a morte se aproximando
sinto meu corpo se enfraquecer
ouço um choro desesperado
Tarde demais para se arrepender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário